A Descronização de Sam Magruder

Este é um dos livros mais legais que eu já li. Lembro que na época do lançamento em português eu li alguns bons comentários a respeito, inclusive na Revista Veja, mas não foi um livro que foi muito bem divulgado. Uma pena, porque  é realmente muito bacana.

A trama é bem simples. Um grupo de intelectuais do século XXII discute a descoberta de 8 pedaços de pedra de mais ou menos 80 milhões de anos de idade. Nesses pedaços de pedra, está o diário de um sujeito chamado Sam Magruder, um cientista que estudava teorias sobre viagem no tempo e acaba “caindo” para fora da nossa época, indo parar no final do Período Cretáceo, quando os dinossauros ainda estavam na Terra.

O livro foi escrito pelo paleontólogo George Gaylord Simpson, falecido em 1984 e um dos mais renomados da área. O manuscrito ficou escondido entre seus documentos e foi encontrado por sua filha, que então o publicou.

Se fosse só por isso que eu falei até agora, o livro já seria interessante. Acrescente ainda um prefácio escrito por Arthur C. Clarke, um posfácio por outro cientista famoso (Stephen Jay Gould, paleontólogo, assim como o autor) e uma história agradável e cativante, e você acaba tendo um livro imperdível.

A maneira como Simpson “joga” Sam Magruder numa terra selvagem e perigosa, juntamente com os medos, aflições e perigos que nos são descritos, faz com que o livro seja devorado rapidamente. É uma mistura de Robinson Crusoé, viagem no tempo e Parque dos Dinossauros. A história é narrada mais ou menos do modo com que H.G.Wells narrou A Máquina do Tempo. Os estudiosos que discutem o diário de Magruder não são mencionados pelos nomes, mas são apenas designados como O Historiador Universal, O Homem Comum, O Pragmático, O Etnólogo. Uma idéia que funciona muito bem.

O diário escrito na pedra por Sam Magruder é uma parte do livro, e é lido na íntegra pelos estudiosos do século XXII.  Seu relato é simples, belo, cômico em alguns momentos e tocante como um todo. Muitas questões filosóficas são levantadas. A solidão de um homem fora de seu tempo, totalmente abandonado e sem chances de retornar a seu mundo é bem explorada pelo autor. A leitura nos aproxima de Sam Magruder de tal jeito que acabamos por sofrer com ele, rir com ele, e até mesmo chorar com ele.

Logo depois de escrever esse post, entrei no site do Submarino e encontrei o livro lá por cerca de 29 reais. Entrega em 1 dia útil para São Paulo e Grande São Paulo…:) Vale a pena.

4 respostas para A Descronização de Sam Magruder

  1. Tibor Moricz disse:

    Fiquei querendo ler!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s