Flash Gordon: álbum de figurinhas

Eu nunca fui muito bom em completar álbum de figurinhas. Acho que sempre me cansei na metade. Na verdade, só completei três álbuns. Um deles foi o Galeria Disney, lançado pela Editora Abril lá por 1977 ou 1978.

O outro foi o álbum Flash Gordon – O Filme, lançado pela Rio Gráfica Editora no finalzinho de 1980, mas comercializado pela Kibon. Sim, a Kibon dos sorvetes!!! Será que alguém ainda lembra disso?hehe…

O ábum foi lançado para promover o filme (lançado em dezembro de 1980) e a promoção durou até fevereiro de 1981. A compra das figurinhas era muito legal, especialmente para uma criança de 8 anos (opa! idade revelada!). Você trocava três palitos de picolé da Kibon por um pacote com seis figurinhas. Eu passei o mês de janeiro em Santos, junto com meus primos e dá para imaginar a quantidade de picolé que tomamos, né? O álbum nem é tão grande, eram apenas 46 figurinhas, mas se contar as repetidas, dá muito picolé…:)

Por uma série de razões pessoais, eu ainda guardo esse álbum com muito carinho, como podem ver. A capa e as duas páginas que eu coloquei abaixo foram scaneadas hoje para esse post. Clicando nas imagens, é possível vê-las com mais detalhes. Com atenção, dá para ver meu nome escrito com minha letrinha de criança no canto superior esquerdo da capa, assim não fica dúvidas de que o álbum é meu mesmo!

Com certeza, Flash Gordon merece um post a parte, tanto o filme quanto o seriado antigo. O filme eu até tenho em DVD, mas o seriado, esse sim, é muito antigo para mim.

8 respostas para Flash Gordon: álbum de figurinhas

  1. Flávio Medeiros disse:

    Cara, eu também completei esse! Mas o meu preferido era um dos anos 70, sobre a conquista do espaço, que era prodizido pelo Nescau. Acho que foi um dos meus primeiros estímulos para a FC.

    • Daniel disse:

      Eu não lembro desse. O meu grande estímulo para a FC foi Star Trek que eu via desde sempre na TV e Star Wars. Ainda tenho umas naves que meu pai trouxe dos EUA na época do lançamento do filme.

      • Flávio, me lembro desse.

        Eu tinha um sobre os planetas e um sobre sondas espaciais, as “figurinhas” – eram encartadas na parte de trás do chocolate, lembram disso? Tu reunia as embalagens, enviava a uma caixa postal e tempos depois ganhava o álbum.

        Meu grande estímulo para se apaixonar por FC foi Star Wars, Galactica e a série Cosmos.

        Daniel, parabéns pelo blog.

        Abs!

  2. Ola Daniel, Tenho o álbm do flash gordon como também assisti ao show do queen no morumbi com o Fred usando a camisa do Flash gordon, Tenho o disco da trilho sonora. Que eu adoro e foi a primeira trilha sonora a ter o som do filme nas músicas.
    Curioso é que o ator (Sam J. Jones) que fez este Flash Gordon também fez a adaptação de 1987 do heroi do Will Eisner The Spirit (Sam J. Jones)
    Lembra da Dale Arlen deste Flash? Era a atriz que fazia o seriado Manimal🙂 Melody Anderson

    veja mais da minha coleção no http://www.adoravelnoite.com/colecao1/colecao2.html

    abração
    Adriano Siqueira

  3. Esqueci de falar…🙂

    Agradeço por colocar os três links de sites no seu blog.
    nas proximas atualizações nos meus vou incluir o seu.
    abraços e novamente agradeço
    Adriano Siqueira

  4. Com certeza é uma boa lembrança. Um dos meus primeiros contatos com a FC foi através de Flash Gordon, quando os antigos seriados dos anos trinta forma reprisados na TV, em meado dos anos 60 e 70. Meus pais curtiam quando eram criança e acabou virando um programa a familiar. Guando foi lançado o Gibi, as HQ foram tiradas do fundo do baú. Nas histórias do Flash Gordon (nos filmes e HQs) havia viagens espaciais comunicação em duas vias através da TV, forno de micro-ondas, armas laser e principalmente, a mini saia). O vilão era o Imperador Ming, o impiedoso , com ares de imperador Chinês, administrando um estado policial inspirado no estado nazista (uma das prováveis razões da caracterização chinesa, já que em tese, os EUA não estavam ainda em guerra contra a Alemanha).

    • Daniel Borba disse:

      Pois é, meu pai sempre fala desse seriado. Ele sempre insiste em dizer que Star Wars isa várias referências de Flash Gordon. Ele ia assistir o seriado no cinema quando era criança…hehe… Eu vi um único episódio no Multishow, há uns 10 anos, quando eles começaram a reprisar alguns. Mas durou pouco tempo…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s