O Grande Caçador e seus cães

Hoje vou falar um pouco sobre algumas das constelações mais facilmente observadas no céu. São três constelações típicas na verdade dos céus do nosso verão, mas ainda estão visíveis neste comecinho de outono: Orion, Canis Major (pronuncia-se “máior”) e Canis Minor. Quando digo que estas constelações são típicas do verão, é porque durante esta estação […]

Leia mais O Grande Caçador e seus cães

STEREO e o Cometa PanStarrs

Em 2006, a NASA lançou duas sondas gêmeas para observação do Sol, a fim de estudar com mais precisão as tempestades solares e os mecanismos responsáveis pelo vento solar. O conjunto recebeu o nome STEREO (Solar TErrestrial RElations Observatory). As sondas foram colocadas em posições estratégicas na órbita da Terra: uma à frente, outra atrás […]

Leia mais STEREO e o Cometa PanStarrs

Hubble em Três Atos – Ato 3

Terceiro ato: Slipher e Humason De tempos em tempos artigos aparecem na literatura científica com argumentos em favor de uma melhor apreciação dos trabalhos dos astrônomos Vesto Slipher e Milton Humason. Slipher foi o pioneiro da espectroscopia de galáxias, tendo se esforçado no aprimoramento dos espectrógrafos para obter espectros de fontes difusas como eram as […]

Leia mais Hubble em Três Atos – Ato 3

Hubble em Três Atos – Ato 2

Segundo ato: a descoberta das galáxias Já mencionamos no primeiro ato que Hubble “descobriu” as galáxias ao determinar as distâncias até três delas, e verificar que elas eram significativamente maiores que as dimensões da Via Láctea. Elas não poderiam então fazer parte do nosso sistema galáctico. A propósito, uma delas era a grande nebulosa de […]

Leia mais Hubble em Três Atos – Ato 2